Programa de trainee para negros é inconstitucional?

Anúncio da iniciativa por parte de empresas foi acompanhado de muita polêmica, acusações de racismo e críticas de que seria uma ação inconstitucional

Comentarista Melissa Rocha- RJ
melissa.rocha@mulheresjornalistas.com

A notícia de que a Magazine Luiza vai incluir apenas pessoas negras em seu programa de trainee de 2021 abriu um fervoroso debate nesta semana sobre ações afirmativas, racismo e medidas de inclusão em empresas.

Para abordar o tema cabe desmistificar alguns pontos. Primeiro, é preciso esclarecer que a iniciativa não foi uma ação pioneira da Magazine Luiza. Na verdade, muitas empresas já planejavam direcionar a pessoas negras e, também, a mulheres seus programas de treinamento de recém-formados – que tradicionalmente são abertos nesta época do ano.

Prova disso é que simultaneamente ao anúncio da Magazine Luiza foram abertos outros programas, também focados em inclusão e diversidade, por empresas como Gerdau, Bayer, Banco BV e P&G. Antes disso, em julho deste ano, a Ambev também abriu um programa de estágio com 80 vagas exclusivas para estudantes negros. Ou seja, a Magazine Luiza não liderou a iniciativa; foi apenas mais rápida no gatilho na campanha de marketing.

Outro mito a ser derrubado é o discurso que classifica essas empresas como ícones da inclusão. Não são. Na realidade, elas estão apenas respondendo à cobrança de consumidores cada vez mais conscientes e de movimentos negros que lutam pela igualdade de oportunidade. Cientes de que no mundo dos negócios, assim como na seleção natural, sobrevive quem melhor se adapta, as empresas respondem à sociedade para preservar seus lucros.

Isso não significa que a iniciativa não seja louvável e providencial. O ponto aqui é destacar que elas são uma conquista, não das empresas, mas dos consumidores e da sociedade em geral. Além disso, é preciso não se deixar deslumbrar pelo discurso e cobrar, futuramente, os resultados obtidos com as ações anunciadas, para saber se de fato elas fomentaram a diversidade nos cargos de liderança.

Por último, é necessário desmistificar o que talvez tenha sido o cerne do debate em torno do assunto. Criar um programa de trainee que contempla apenas negros é constitucional? Seria uma iniciativa racista? A resposta: sim e não. Sim, a criação do programa é constitucional. Muitos dos que apontaram a iniciativa como inconstitucional embasaram seus argumentos no artigo 5º da Constituição – que determina que todos são iguais perante a lei – e no inciso XXX do artigo 7º – que proíbe a diferença de salários, de exercício de funções e de critério de admissão por motivo de sexo, idade, cor ou estado civil.

Porém, a iniciativa está em consonância com o Estatuto da Igualdade Racial, que determina a criação de medidas, programas e ações afirmativas para corrigir as desigualdades raciais e promover a igualdade de oportunidades. Nesse contexto, os programas de trainees anunciados se enquadram como ações afirmativas. O Estatuto da Igualdade Racial é uma das ferramentas criadas justamente para se fazer cumprir o que determina a Constituição. Assim como mecanismos em defesa da mulher, como a Lei Maria da Penha, que visa assegurar, no âmbito da segurança, a igualdade entre homens e mulheres, prevista na Constituição.

Ninguém está negando que também há brancos fora de cargos de liderança. O que está em debate é o fato de que a maioria dos cargos de liderança é composta por brancos, algo reconhecido pelas próprias empresas. Já a acusação de racismo na iniciativa somente seria válida se o Brasil já tivesse alcançado a igualdade de oportunidades entre raças, o que obviamente ainda não ocorreu. Para críticos da iniciativa, talvez fosse mais razoável discutir a possibilidade de criar cotas em futuros programas de trainees. Assim, todos poderiam participar.

De qualquer forma, o fato de que grandes empresas estão reconhecendo a necessidade de diversificar seus cargos de liderança é uma prova de que estamos avançando.

Confira também...

20 comentários

  1. acheter viagra viagra in kuwait buy viagra without

  2. canadian cialis walmart pharmacy online best canadian mail order pharmacies

  3. prescription drug assistance canadian drugstore reviews prescription drug price comparison

  4. viagra 100mg shoppers drug mart canada viagra cost comparison

  5. purchase original cialis is generic cialis safe buy cialis online

  6. aarp approved canadian online pharmacies viagra onlinee canada online pharmacy

  7. drugs from canada online mexican pharmacies muscle relaxant

  8. online viagra ships to canada using paypal walgreen viagra price generic viagra mastercard

  9. list of approved canadian pharmacies international drug mart canadian pharmacy online store pharmacy online cheap

  10. generic viagra buy viagra 50mg viagra online mexican pharmacy

  11. prescription drugs from canada online canada pharmacy online orders online rx pharmacy

  12. cash in 401k to pay off student loan cash advance no faxing required apollo funding payday loan

  13. can i get a cash advance on my capital one credit card cease and desist letter template for payday loans cash loans nova scotia

  14. cefalea por cialis eparina e cialis kombinera viagra or cialis

  15. china loan us money can i get a payday loan online why can’t i get a payday loan

  16. benefits of cialis daily cialis for daily use canadian pharmacy cosa cura il cialis

  17. what is a cash advance fee wells fargo cornerstone payday loan phone number first cash advance 77090

  18. online pharmacy viagra paypal viagra samples free by mail viagra priority mail delivery 3 5 business days

  19. buying viagra online legal viagra otc what does female viagra do

  20. how much does viagra cost per pill viagra single packs commercial when was viagra invented

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *