Estar empregado é um dos maiores desejos para 2020

Por Luiza Esteves –  RJ

O que você espera para o ano que vem? Fiz essa mesma pergunta a diversos colegas e percebi que as respostas se repetiam: A expectativa maior era por conseguir emprego.

“Espero que seja um ano novo realmente próspero, que haja paz no mundo. Eu também quero poder realizar os meus sonhos, como trabalhar e estudar”, declara a esteticista Vanessa Gadelha.

Além de Vanessa há diversos brasileiros na mesma situação. Isso é o que nos revela as últimas pesquisas do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE: O total de desempregados em julho de 2019 foi de 12, 6 milhões de brasileiros. A queda da taxa de desemprego para 11,8% vem sendo ressaltada por inúmeros veículos da imprensa.

Mas, apesar dos dados gerais apresentarem uma leve melhora em relação ao ano passado, a pesquisa também revela que essa diferença aconteceu devido ao aumento de trabalhadores informais. No contexto de crise econômica, a solução tem sido buscar novas formas de se sustentar.

No ano de 2019, o número de empregados sem carteira assinada atingiu 11,7 milhões de pessoas, com crescimento de 3,9% em relação ao trimestre anterior e 5,6% ao mesmo trimestre de 2018. Hoje o número de trabalhadores autônomos já atingiu 24,2 milhões de brasileiros. Dessa forma, podemos entender que o desemprego continua sendo um dos problemas mais recorrentes dos últimos anos.

Por conta disso, nesse ano novo a expectativa da maioria dos brasileiros é em relação ao aumento das oportunidades de emprego. Enquanto a crise econômica avança, os preços aumentam e o salário não vem, tentamos viver como dá.

A esperança está na melhora da economia, mas isso leva tempo e depende do desempenho e interesses de quem governa.

Confira também...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *