Per, alimento, alimento natural, alimento natural per, jornalismo, mulheres jornalistas

Alimentação Natural (AN): Do resto ao luxo

Como a indústria de alimentos naturais para cães e gatos ganhou visibilidade e movimenta o mercado Pet nos últimos anos

Por Giselle Cunha
giselle.cunha@mulheresjornalistas.com

Quem cresceu de algumas décadas pra cá com um amigo peludo em casa, deve se recordar como era a alimentação de cães e gatos da época: restos de comida das refeições feitas pelos seus proprietários. Um cardápio que não tomava tempo, não exigia cuidados específicos, cujo objetivo era apenas saciar a fome do animalzinho. Esse hábito ao decorrer dos anos trouxe sérias consequências de saúde pois diminuia a expectativa de vida e impactava no bom funcionamento do organismo dos mesmos.

As rações industrializadas surgiram em Londres por volta de 1890. Seu idealizador foi James Spratt, que a comercializava inicialmente no formato de biscoito, mas logo elas foram aprimoradas para latas e atingiram um sucesso imediato, porque a facilidade na armazenagem e a promessa de unir em um só alimento diversos nutrientes necessários para uma dieta balanceada foi atraente aos consumidores.  

No entanto, essa produção em larga escala resultou na utilização de algumas substâncias na composição que ao decorrer dos anos também foi alvo de estudos e debates sobre a saúde animal como: farinha de carne e ossos, farinha de penas, farelos, que são alimentos de baixa digestabilidade. Além disso, o uso de grãos como trigo, soja e milho que na sua grande maioria das vezes possuem transgênico. Algumas ainda utilizam conservantes conhecidos como BHA e BHT, que já foram associados a diversos casos de alergia, distúrbios comportamentais e até câncer.

 Toda essa movimentação, fez a AN voltar com força total, mas desta vez com conscientização e acompanhamento. Planos alimentares são elaborados por médicos veterinários, especializados em nutrição de maneira individual para cada raça e necessidade do cão ou gato que são idenficados através de exames específicos.

Na sua essência, cães e gatos são carnívoros, então a presença da proteína (Boi, frango, peixe, ovo) é indispensável, mas como toda boa dieta, para estar balanceada também precisa conter outros itens como: carboidratos e fibras (Arroz, cenoura, lentilha, batata, brócolis, chuchu) e gorduras (Óleo de côco).

Entrevistamos Matheus Ladario, sócio proprietário da empresa Chef Bob que atua no ramo desde 2016. O empresário nos conta que a idéia de investir neste segmento surgiu após seu cãozinho da raça shihtzu, Bob, apresentar crises alérgicas recorrentes. Na época, foi identificado através de acompanhamento médico que a alergia de Bob era ocasionada por substâncias presentes em rações industrializadas. Desde então introduziram com a ajuda de um profissional, a alimentação natural para o cãozinho da família.  “Ver a satisfação dele comendo aquele prato de comida mexeu muito comigo e a partir dali, eu soube que era a coisa certa a ser feita”- Conta Matheus Ladario.  Hoje a empresa acumula não só clientes fiéis, mas elogios e um cardápio variado que atende até os paladares mais exigentes:

Mulheres Jornalistas (MJ): O que é a Alimentação Natural?

Matheus Ladario (Sócio Chefe Bob): A AN é uma volta às origens. O propósito é fornecer aos Pets a mesma dieta dos seus ancestrais.

MJ: Qualquer cachorro ou gato está apto para seguir esse tipo de alimentação?

Matheus Ladario (Sócio CB): Sim. Todos estão aptos para aderir esse tipo de dieta, exceto casos de cães que já apresentem algum tipo de enfermidade.

MJ: No caso de animais alérgicos ou com alguma necessidade alimentar específica, como vocês procedem?

Matheus Ladario (Sócio CB): O próprio Bob serve como exemplo. Após introduzir essa dieta, as alergias melhoraram significativamente em pouco tempo, além de possibilitar a satisfação em comer, pois ele sempre ficava enrolando nas refeições. Mas vale ressaltar que cada caso é bem específico, pois cabe um acompanhamento médico para avaliar quais componentes são importantes e quais são prejudiciais para que a adaptação seja realizada corretamente.

MJ: Como as receitas são elaboradas? Existe um suporte de um médico veterinário nutricionista?

Matheus Ladario (Sócio CB): Os alimentos são 100% naturais, não há utilização de corantes, nem conservantes. São utilizados proteínas, fibras, carboidratos em geral. Trata-se de uma dieta completa que pode ser ingerida perfeitamente por mim, por você e por qualquer outra pessoa.  Todas as receitas foram elaboradas e aprovadas por nutrólogos e prezamos muito cada uma delas. 

MJ: Existe uma polêmica quanto a utilização de sal na alimentação dos Pets. Observamos que esse item faz parte do cardápio do Chef Bob. Qual a indicação na dieta elaborada para os associados?

Matheus Ladario (Sócio CB): A ingestão do sal pode ser feita normalmente, assim como na nossa dieta, porém de forma moderada. O sal ajuda na absorção dos nutrientes, colabora nas contrações musculares, equilibra os fluidos e os eletrólitos. A quantidade correta do sódio traz benefícios, assim como o excesso causa problemas de saúde.

 

 

 

Confira também...

14 comentários

  1. Daniela says:

    👏🏽👏🏽👏🏽

  2. Ótima reportagem pois tenho dois cães e a alimentação sempre foi uma grande preocupação! Sempre prezei por rações de qualidade, mas via a necessidade de incluir alimentos frescos tb. Muitas vezes pela facilidade e rapidez a ração ocupou 90 % da alimentação. Ter esta nova opção , principalmente para meus cães que estão idosos, é sem dúvida alguma muito bom!

  3. Matheus Ladario says:

    Adorei!! Obrigado!

  4. Geraldo Luiz says:

    Muito bom e esclarecedor. Sempre tive certa resistência com alimentação natural pra cães e confesso q estou revendo conceitos.

  5. Carlos Eduardo says:

    Matérias como essas são super importante. Só me fez encher os olhos de lágrimas de saudades da minha Belinha que se foi.💔

    1. Vanessa Carlot says:

      Nossa, muito bacana!!! Ótimo tema!

  6. Rita Peçanha says:

    Ótimo tema, polêmico e ainda muito obscuro, por mais reportagens como esta, Parabéns.

  7. Gislaine Souza says:

    Assim como nós, os Pets tbm merecem uma alimentação saudável e menos industrializada possível! Mais saúde será sinônimo de mais tempo ao nosso lado! Muito bom o artigo! Parabéns!!!

  8. Lucas anthony says:

    Simmm, concordo 100%.. a reportagem está perfeitaaaa

  9. Raisa Heber P Lima says:

    Adorei a reportagem!

  10. Isabela Paulon says:

    Reportagem maravilhosa 👏🏻👏🏻

  11. Raíssa Chadud says:

    Parabéns pela reportagem! Eu tenho uma cadelinha em casa e sempre pensei nessa questão. Obrigada pelas informações.

  12. Thayssa Dias says:

    Amei! Muito importante p os pets!

  13. Good Afternoon
    Hope you’re well, and that customers are profitable.
    To beat the competitors businesses like yours, you will need this tool to have new customers:
    https://onlineuniversalwork.com/backlinks273295
    Regards,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *