Venda de fotos de mulheres nuas e seminuas na internet abre debate

Por Regina Fiore, Jornalista- SP

Editora Chefe: Letícia Fagundes, Jornalista- RS

A pandemia aumentou a comercialização de fotos e vídeos sexuais de mulheres em canais online, práticas já estabelecidas pela indústria pornográfica que trazem sérias consequências tanto para quem faz quanto para quem consome.

A pandemia do novo coronavírus afetou diretamente pessoas que estavam abrindo seus próprios negócios e tentando crescer em empreendimentos pequenos. Muitos deles fecharam, outros tiveram que se reinventar para o ambiente online. No entanto, não são apenas pequenos comércios que sofreram baixa na clientela. As casas de prostituição e as garotas de programa que trabalhavam nas ruas também precisaram buscar outras fontes de renda.

Muitas mulheres jovens que perderam seus empregos ou não conseguiram se reerguer economicamente durante a pandemia também acabaram encontrando como solução vender fotos ou vídeos sexuais pela internet. Um dos maiores fenômenos para esse fim é a rede social Only Fans, onde as pessoas pagam uma mensalidade para ter acesso às fotos e vídeos de outras pessoas, que podem ser celebridades ou não.

As “camgirls”, como são conhecidas as mulheres que usam a câmera do celular ou a webcam para se expor sexualmente mediante ao pagamento, existem desde que a internet possibilitou transmissões ao vivo, principalmente nos Estados Unidos. No entanto, as redes sociais têm facilitado ainda mais tal exposição, que vem ganhando popularidade nos países da América Latina por causa da pandemia.

Muitas prostitutas optam por fazer exibições ao vivo, atendendo aos pedidos dos clientes pagantes ou até mesmo leiloando vídeos de masturbação ou sexo com outras mulheres. No entanto, garotas que não são prostitutas estão fazendo o mesmo movimento, principalmente as adolescentes entre 16 e 20 anos.

Algumas delas não veem a prática como prostituição. Outras enviam apenas partes do corpo, como pés ou mãos para fetichistas. No entanto, comercializar qualquer tipo de material de cunho erótico é considerado trabalho sexual em grande parte do mundo, inclusive no Brasil.

Para falar mais sobre a comercialização da experiência erótica e sexual via internet, entrevistamos a psicanalista Renata Zancan, com experiência em atendimento clínico e participação em grupos de estudos guiados pela linha do psicanalista Jacques Lacan, e a advogada e assessora parlamentar Izabela Forzani, uma das fundadoras do perfil Recuse a Clicar (@recuseaclicar), que se posiciona contra qualquer tipo de exploração sexual: pornografia, prostituição, tráfico sexual.

“A pornografia está presente desde a antiguidade na história da humanidade, porém a internet sem dúvida alguma tornou-se um meio eficaz de veiculação desses conteúdos, onde o usuário encontra facilidade na oferta de estilos específicos e gêneros desse universo, além de uma certa preservação da privacidade e anonimato”, diz Renata, que explica também como a pornografia, consumida majoritariamente por homens no Brasil, pode ser um espaço de libertação tanto do peso da performance da virilidade masculina quanto da possível rejeição do outro.

Por ser uma experiência sexual com o gozo garantido, o uso da pornografia também pode ser encarado como uma forma de libertação de pressões morais impostas. “No cenário pornográfico, a fantasia mais contida pode ser satisfeita em todo seu esplendor. Apesar de não haver o contato físico com o corpo do outro, existe a experiência sexual no próprio corpo, que garante a satisfação sem risco de rechaço”, conta a psicanalista.

Já Izabela traz o ponto de vista do quanto a indústria pornográfica tem afetado as relações inter e intrapessoais. A advogada explica que a indústria pornográfica, tal como conhecemos hoje, iniciou-se na década de 70, tendo como marco o filme Garganta Profunda (1972), com Linda Lovelace. Até os anos 2000, a indústria pornográfica era monopolizada pelas produtoras de pornografia, seja em filmes ou em vídeos. A partir do avanço da internet, a pornografia, que até então era escondida, tomou um outro tipo de proporção.

“A ampliação do acesso a rede aumentou a abrangência do consumo da pornografia, tornando-se bem mais fácil acessar qualquer conteúdo pornográfico de qualquer celular com acesso a rede. Mas não só isso, houve também a ‘democratização’ da própria produção da pornografia, que tirou o monopólio das grandes produtoras. Hoje, os sites de streaming de pornografia estão entre os mais acessados do mundo”, conta Izabela.

A partir desta democratização, muitas mulheres encontraram no streaming a possibilidade de fazer parte da indústria pornográfica online sem precisar sair de casa ou se associar a uma produtora, muitas vezes vendendo suas exibições em vídeos ou em fotos. As mulheres mais jovens, que têm tido contato com alguns termos do feminismo recentemente, enxergam a venda de fotos e vídeos como uma forma de empoderamento, seguindo a máxima “meu corpo, minhas regras”.

No entanto, é preciso entender que a objetificação do corpo das mulheres, ou seja, enxergar o corpo da mulher apenas como um objeto de satisfação sexual, está diretamente ligada ao machismo e à misoginia, ainda que seja para atender o fetiche de alguns homens em relação a partes do corpo que não são tradicionalmente consideradas eróticas.

Renata aponta que, de acordo com especialistas da psicanálise – entre eles o próprio Freud, o fetichista é aquele que substitui a satisfação por um objeto ou pela superestimação exclusiva de uma parte do corpo fetichizada. “Para o fetichista encontrar prazer e atingir o gozo, a fantasia e o desejo pelo outro não basta. O elemento de prazer precisa estar presente no sexo”.

Para a advogada Izabela, no entanto, a relação que se dá entre essas mulheres e a venda de vídeos ou fotos passa por nuances mais complexas: “para começar, é importante ressaltar que o debate sobre pornografia tem que levar em consideração três viéses básicos: o lado do consumidor, da indústria que a produz (aqui sendo bem generalista porque como o dito, a indústria hoje é bem variada) e da sociedade”.

A advogada ressalta que, do ponto de vista do consumidor ou consumidora, toda pornografia é capaz de gerar vícios, independente do rótulo ser feminista, ética ou qualquer abordagem que se pretende mais inclusiva. Ou seja, de acordo com Izabela, toda pornografia tem o potencial de adoecer quem a consome.

“Do ponto de vista da indústria, é importante ressaltar que essa é uma atividade que provoca perigos reais para as pessoas (majoritariamente mulheres) envolvidas nela. Há inúmeros relatos de mulheres que faziam esse tipo de conteúdo que foram perseguidas, ameaçadas ou agredidas. Além disso, é importante lembrar que a própria atividade em si é perigosa. As lacerações na região do ânus e vagina são bem comuns. Recentemente, tivemos alguns casos de mortes acidentais de mulheres ao realizar atos de enforcamento durante a filmagem”, explica Izabela.

A questão social pode ser ainda mais complexa. Toda uma geração de meninos tem sido criada partindo-se da ideia de que as mulheres estão ali apenas para lhes dar prazer, como se o sexo fosse um direito masculino pré-existente. “A pornografia também – há variadas pesquisas científicas nesse sentido – favorece a violência contra a mulher ao tornar as agressões algo erotizado, além de naturalizar posturas de submissão e passividade diante da violência sofrida por mulheres”, conta a advogada.

A relação entre as partes

Mas como fica a relação dessas mulheres com os homens para quem elas se expõem? “Um dos princípios da prostituição é o de não criar um vínculo afetivo com o parceiro sexual, mas sabemos que só a regra não é garantia para que o vínculo não se estabeleça. A história está repleta de exemplos de pessoas que acabam se envolvendo emocionalmente, já que cada um se relaciona de forma única com o outro”, conta a psicanalista.

Para Izabela, a relação entre pornografia e prostituição causa grandes dificuldades de relacionamento e socialização. “Não falo somente em relacionamentos românticos, mas sobretudo no relacionamento com nós mesmos. A pornografia cria expectativas irreais do que é o sexo, expectativas que a realidade simplesmente não consegue suprir. A realidade, portanto, se torna sinônimo de frustração”.

A advogada ainda explica que o vício em pornografia leva muitos relacionamentos a terminarem, em todas as faixas etárias. “Temos grupos no Facebook e recebemos muitos relatos nas mensagens privadas. É chocante a quantidade de gente que nos procuram para pedir ajuda ou mesmo uma palavra de conforto. A pornografia não apenas dificulta a criação de laços interpessoais, como destrói aqueles que o indivíduo já possui”.

É consenso entre especialistas da saúde, comportamentais e sexuais que o uso da pornografia em excesso pode trazer frustração para o parceiro ou parceira de carne e osso. A maioria das fantasias vividas no universo virtual não são realizadas na vida real, já que o sexo entre duas pessoas reais conta com os desejos, fantasias e limites do outro. Por outro lado, Renata Zancan levanta o ponto de que o aumento do consumo da pornografia por mulheres pode indicar um avanço em relação a liberdade da sexualidade feminina, tão historicamente reprimida.

Outro ponto importante é o quanto a pornografia e venda de fotos e vídeos pornográficos contribuem para outras questões como pedofilia, exploração sexual ou pornografia de revanche. Por atuar no sistema de recompensa do cérebro, a pornografia funciona como uma droga, onde o indivíduo que a consome precisa de quantidades maiores de doses para se sentir satisfeito ao longo do tempo. Em algum momento, aquele estímulo sexual para de ter os efeitos desejados e o indivíduo precisará de um novo estímulo.

“No caso da pornografia, os usuários passam a alterar os etímulos. Começam por consumir a pornografia mainstream, que já bastante violenta contra as mulheres, e depois passam por cenas mais violentas ou até mesmo criminosas: necrofilia, zoofilia e até mesmo pornografia infantil. Há um estudo nos EUA que mostra que apenas 30% dos predadores infantis são pedófilos clinicamente. Os outros 70% se interessaram por crianças por algum outro motivo e um deles com certeza é a pornografia, que a todo tempo erotiza a infância”, relata Izabela.

Para a psicanalista Renata, o mais importante é o acordo entre as pessoas envolvidas. “Se a exposição e o comércio se derem somente entre adultos, não há porque temer a pedofilia, por exemplo. Mas cada participante deste jogo precisa estar ciente de que está correndo outros riscos além daqueles a que se propôs”, explica. A especialista ressalta que geralmente não existe espaço para o afeto e amor romântico neste tipo de relação, o que, de acordo com ela, não é necessariamente nocivo.

A psicanalista chama atenção ainda para consequências como a exploração sexual ou a pornografia de revange, que podem se tornar realidade já que a pessoa que fornece o conteúdo acaba ficando à mercê do desejo de quem compra e sobre isso não dá para ter garantia ou controle. Além disso, Renata ressalta que o isolamento social que estamos vivendo também têm aumentado a busca por sites de pornografia e sexo virtual. “É uma alternativa para lidar com a angústia e a solidão porque garantem a satisfação sexual, que se tornou rara nos tempos atuais”, conclui a psicanalista.

Izabela aponta que existem inúmeras pesquisas relatando que o consumo de pornografia teve aumento de mais 50% no Brasil e no mundo desde o início da pandemia. “É importante lembrar que isso se deu não apenas porque as pessoas estão mais em casa. Como a pornografia é uma válvula de escape, como o álcool e outras drogas, ela acaba sendo mais consumida em situações que causam mais ansiedade, como a atual”.

O aumento do consumo de conteúdos pornográficos também pode agravar consequências negativas que a própria pandemia está causando nas pessoas: depressão, baixa auto estima, ansiedade e outros problemas psicológicos. Em homens, é bem comum a dificuldade de ereção, a dificuldade de manter a ereção e alterações em relação à ejaculação. Nas mulheres, o relato mais comum passa pela dificuldade de alcançar o orgasmo.

“Para as mulheres que vendem seus conteúdos, produzem vídeos ou fotos de cunho pornográfico, há uma infinidade de relatos de abusos físicos, psicológicos e sexuais. Além de ser bem comum o incentivo de álcool e drogas, que funcionam como um analgésico mental e físico, porque muitos dos atos praticados são dolorosos”, conclui a advogada. Dessa forma, mesmo que consentida, a exibição ou venda de materiais pornográficos, ainda que sejam de fetiches como fotos de mães ou pés, pode causar malefícios permanentes tanto para quem vende quanto para quem compra ou consome.

83 comentários sobre “Venda de fotos de mulheres nuas e seminuas na internet abre debate

  1. Hi, i read your blog occasionally and i own a similar one and
    i was just wondering if you get a lot of spam responses?
    If so how do you prevent it, any plugin or anything you can recommend?
    I get so much lately it’s driving me mad
    so any assistance is very much appreciated. asmr 0mniartist

  2. Appreciating the dedication you put into your site and detailed information you offer.

    It’s nice to come across a blog every once in a while that isn’t the same out of date
    rehashed information. Wonderful read! I’ve saved your site and I’m adding
    your RSS feeds to my Google account.

  3. Today, I went to the beach with my kids.
    I found a sea shell and gave it to my 4 year old daughter and said “You can hear the ocean if you put this to your ear.” She placed the shell to her ear
    and screamed. There was a hermit crab inside and it pinched her ear.
    She never wants to go back! LoL I know this is entirely off
    topic but I had to tell someone!

  4. Excellent post. I used to be checking continuously this weblog and I
    am inspired! Very useful information particularly the last part 🙂 I deal with
    such information a lot. I used to be looking for this certain information for a long time.
    Thanks and best of luck. 0mniartist asmr

  5. I’m now not sure the place you’re getting your info, but good topic.
    I needs to spend some time studying much more or working out more.
    Thank you for great information I used to be in search of this information for my mission.

  6. You really make it seem so easy with your presentation but
    I find this topic to be really something which I think I would never understand.
    It seems too complex and extremely broad for me.
    I’m looking forward for your next post, I’ll try to get the hang of it!
    0mniartist asmr

  7. Just desire to say your article is as amazing.
    The clearness on your put up is just great and that i can suppose you are a professional in this subject.
    Fine along with your permission let me to seize
    your feed to stay updated with coming near near post.
    Thanks 1,000,000 and please continue the gratifying work.

  8. hello there and thank you for your info – I have definitely picked up anything new from right here.
    I did however expertise some technical points using
    this web site, since I experienced to reload the website a lot of
    times previous to I could get it to load correctly.
    I had been wondering if your web hosting is OK? Not that I am complaining, but slow loading instances times will sometimes affect your placement in google and could damage your quality score if ads and marketing with Adwords.
    Anyway I am adding this RSS to my email and could look out for a lot more of your
    respective intriguing content. Ensure that you update this again soon.
    asmr 0mniartist

  9. Hi! This is kind of off topic but I need some advice from an established
    blog. Is it tough to set up your own blog? I’m not very techincal but I can figure things out pretty quick.
    I’m thinking about making my own but I’m not sure
    where to start. Do you have any tips or suggestions? Thanks 0mniartist asmr

  10. May I simply just say what a comfort to discover an individual who genuinely knows what they’re
    talking about online. You definitely understand how to bring a problem to light and make it important.

    A lot more people should look at this and understand this side of your
    story. I was surprised that you are not more popular since you
    surely have the gift.

  11. This is really interesting, You are an excessively skilled blogger.
    I have joined your rss feed and look forward to in the hunt for
    more of your great post. Additionally, I’ve shared your site in my social networks asmr
    0mniartist

  12. Hello there! This is kind of off topic but I need some advice from an established blog.
    Is it very difficult to set up your own blog?
    I’m not very techincal but I can figure things out pretty quick.
    I’m thinking about setting up my own but I’m not sure where to begin. Do you have any
    ideas or suggestions? Many thanks

  13. After exploring a handful of the articles on your web page,
    I truly appreciate your technique of writing a blog.

    I saved as a favorite it to my bookmark site list and will be checking
    back in the near future. Please check out my website
    as well and tell me how you feel. asmr 0mniartist

  14. Hi there! I know this is somewhat off topic but I was wondering if you knew where
    I could get a captcha plugin for my comment form?
    I’m using the same blog platform as yours and I’m having
    trouble finding one? Thanks a lot! 0mniartist asmr

  15. You actually make it seem so easy with your presentation but I find this matter to be
    really something which I think I would never understand. It seems too
    complex and extremely broad for me. I’m looking forward for your next post,
    I’ll try to get the hang of it! asmr 0mniartist

  16. You’re so awesome! I don’t suppose I’ve truly read
    anything like that before. So good to find another person with genuine thoughts on this subject matter.
    Seriously.. thank you for starting this up. This website
    is one thing that is needed on the internet, someone with a little originality!
    0mniartist asmr

  17. Link exchange is nothing else except it is only placing the other person’s webpage
    link on your page at appropriate place and other person will also do same in support of you.
    0mniartist asmr

  18. I like the helpful information you provide in your articles.
    I will bookmark your blog and check again here frequently.
    I’m quite certain I’ll learn many new stuff right here!

    Best of luck for the next!

  19. Please let me know if you’re looking for a article author
    for your blog. You have some really good articles and I believe I would be a good asset.
    If you ever want to take some of the load off, I’d love to write some articles for your blog in exchange
    for a link back to mine. Please shoot me an e-mail if interested.
    Thank you! 0mniartist asmr

  20. Nice blog here! Also your web site loads up very fast! What host are
    you using? Can I get your affiliate link to your host?

    I wish my website loaded up as fast as yours lol asmr 0mniartist

  21. Hello my family member! I want to say that this article is awesome, nice written and include
    approximately all significant infos. I’d like to peer more posts like this .
    0mniartist asmr

  22. Hello! I could have sworn I’ve visited your
    blog before but after looking at some of the articles I realized it’s
    new to me. Regardless, I’m certainly happy I found it and I’ll be bookmarking it and checking back frequently!

    asmr 0mniartist

  23. Hey there I am so delighted I found your blog page, I really found you by accident, while I was searching
    on Aol for something else, Anyways I am here now and would just like
    to say thanks for a tremendous post and a all round interesting blog (I also love the theme/design), I don’t have time to go
    through it all at the moment but I have saved
    it and also included your RSS feeds, so when I have time I will be back to read much more, Please do keep up
    the great b. 0mniartist asmr

  24. Howdy! This is my 1st comment here so I just wanted to give
    a quick shout out and tell you I really enjoy reading through your articles.
    Can you recommend any other blogs/websites/forums that deal with the same subjects?
    Appreciate it! asmr 0mniartist

  25. Great work! This is the type of info that should be shared around the net.
    Disgrace on Google for now not positioning this post higher!
    Come on over and seek advice from my site . Thanks =)

  26. I was wondering if you ever thought of changing the layout of your blog?

    Its very well written; I love what youve got to say. But maybe you could
    a little more in the way of content so people could connect with it better.
    Youve got an awful lot of text for only having
    1 or 2 pictures. Maybe you could space it out better?

  27. naturally like your web-site but you have to test the spelling on quite
    a few of your posts. A number of them are rife with spelling issues and
    I in finding it very bothersome to tell the reality nevertheless I will
    certainly come again again.

  28. Thanks for your personal marvelous posting!
    I seriously enjoyed reading it, you could be a great author.

    I will always bookmark your blog and may come back down the road.
    I want to encourage you to ultimately continue your great posts, have a nice holiday weekend!

  29. scoliosis
    Do you mind if I quote a few of your posts as long as
    I provide credit and sources back to your blog?

    My website is in the exact same area of interest as yours and my users would certainly benefit from a lot of the
    information you present here. Please let me know if
    this alright with you. Thanks a lot! scoliosis

  30. scoliosis
    Thanks for another informative site. The place else may I am getting
    that type of information written in such a perfect means?
    I have a project that I am just now operating on,
    and I’ve been on the look out for such information. scoliosis

  31. Pretty element of content. I simply stumbled upon your web site
    and in accession capital to say that I get actually enjoyed account your weblog posts.

    Anyway I’ll be subscribing on your feeds or even I fulfillment you
    get right of entry to consistently rapidly.

  32. dating sites
    Hey just wanted to give you a quick heads up. The words
    in your post seem to be running off the screen in Internet explorer.
    I’m not sure if this is a formatting issue or something to do with web browser compatibility
    but I figured I’d post to let you know. The layout look
    great though! Hope you get the issue fixed soon. Thanks
    dating sites https://785days.tumblr.com/

  33. Greetings! This is my 1st comment here so I just wanted to give a quick shout out and say I really enjoy reading through your articles.
    Can you recommend any other blogs/websites/forums that go over the same subjects?
    Many thanks!

  34. Have you ever considered about adding a little bit more than just your articles?
    I mean, what you say is important and all. But think about if you
    added some great images or videos to give your posts more,
    “pop”! Your content is excellent but with pics and videos, this site could
    undeniably be one of the greatest in its field.

    Good blog!

  35. Great blog! Is your theme custom made or did you download it from somewhere?
    A design like yours with a few simple adjustements would really
    make my blog jump out. Please let me know where you got your design. Kudos

  36. After looking at a handful of the blog articles on your site, I honestly appreciate your way of blogging.
    I saved as a favorite it to my bookmark webpage list and will be checking back
    soon. Please check out my website as well and tell me
    your opinion.

  37. I am really inspired along with your writing skills and also with the format for your
    blog. Is that this a paid subject or did you modify it
    your self? Either way keep up the nice quality writing, it’s uncommon to
    peer a nice blog like this one these days..

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.

Site Protection is enabled by using WP Site Protector from Exattosoft.com