Crianças viajantes: o turismo através dos livros

Por Juliana Tahamtani, Jornalista- São Paulo

julianatahamtani@gmail.com

Chefe de Reportagem: Juliana Mônaco, Jornalista

Crianças também viajam, seja  pelo mundo afora, pelos desenhos na televisão ou pelas páginas de livros infantis.  As crianças são sempre muito visuais e os livros podem oferecer viagens incríveis a crianças curiosas e com espírito aventureiro. Enquanto não podemos levar nossos pequenos por aí pelo mundo, podemos, pelo menos, aflorar a imaginação e fazê-los viajar pelas histórias.


“O incrível álbum de Picolina, a pulga viajante”, de Laura Erber e Maria Cristaldi

 
Viajar nada mais é do que se desconectar um pouco do seu cotidiano, e muitas crianças conseguem viajar sem precisarem, de fato, estarem pelo mundo. Nesse livro a imaginação vai rolar solta e transportar o pequeno leitor por vários cantos. 
“O incrível álbum de Picolina, a pulga viajante”


As crianças mais curiosas vão viajam por horas neste  livro de fotomontagens que escondem, em cada uma delas, a pulga que acompanha o pequeno leitor por todo o livrinho.  Não é bem um livro para ler, mas para bisbilhotar cada detalhe até que se encontre a minúscula Picolina.

São 10 imagens em preto e branco, extraídas de diferentes acervos e com intervenções coloridas que complementam e dão novos sentidos às fotos.

É interessante observar o tempo que as crianças levam pensando e procurando a pulguinha nas imagens. Pode levar horas de uma viajam inusitada.

“Buriti”, de Rubens Matuck

“Buriti”, de Rubens Matuck
Premiado pela FNLIJ (Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil), nas categorias ‘Melhor Projeto Editorial’ e ‘Melhor Livro Informativo’,este livro é inspirado nas viagens do autor pelo interior do Brasil, o artista plástico paulistano Rubens Matuck assina essa obra que nos leva à época dos antigos livros manuscritos e das ilustrações dos primeiros viajantes europeus no Brasil colonial.
Esse livro foi criado em formato de anotações e as aquarelas de Matuck seguem um padrao de cores que representam as  fases de amadurecimento do buriti, a planta que da nome ao livro.

O livro vai levar as crianças e também os adultos a conhecer um pouco as trilhas pelo interior do País e percorrer os olhos em cenários que nem sempre a gente percebe.

“Terra de cabinha: pequeno inventário da vida de meninos e meninas do sertão”, de Gabriela Romeu

Esse livro  ganhou o terceiro lugar do Prêmio Jabuti 2017 na categoria Didático e Paradidático, esse livro é um relato de viagem sobre as crianças da Chapada do Araripe, no Ceará.

A obra é dividida em 13 breves capítulos, introduzidos por versos, e temas como as brincadeiras na terra, corrida de jumento, fabricação caseira de peteca e até procura por Maria Fulozinha, personagem do folclore brasileiro.

O livro  é também um convite para brincadeiras e dá uma vontade de pegar as crianças e desembarcar no sertão verde do Cariri  para viver toda essa cultura assim que possível.

Enquanto estamos em casa esperando sermos vacinados, nada melhor do que viajar pelas páginas de livros infantis que nos fazem também lembrarmos que um dia fomos crianças.

 

3 comentários sobre “Crianças viajantes: o turismo através dos livros

  1. Esses livros indicados parecem ser realmente interessantes e pertinentes ao nosso momento! E o da pulguinha… então…muito curioso! 💕

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.

Site Protection is enabled by using WP Site Protector from Exattosoft.com