Balonismo também é sinônimo de turismo brasileiro

Eliza Dinah, Jornalista- MG

eliza.dinah@mulheresjornalistas.com

Chefe de reportagem: Juliana Mônaco, Jornalista

Balonismo, ou voar de balão, é um esporte aeronáutico praticado com um balão de ar quente e que vem ganhando popularidade em todo o mundo. Muitos turistas viajam em busca de regiões que proporcionam essa experiência que, além de te levar, literalmente, aos céus, te entrega lindas imagens e uma sensação única.

Referência mundial no passeio, a Capadócia, na Turquia, é o tradicional destino escolhido por turistas de todo o mundo. Estados Unidos, Austrália, Egito, Nova Zelândia, Croácia e Camboja são outros destinos internacionais famosos para quem busca referência em balonismo. Nessa lista também entra um destino maravilhoso e muito mais perto: o Brasil! O país oferece diversas regiões com tradicionais passeios de balão e, muitas vezes, pertinho de quem sonha em voar.

A jornalista Ana Paula Pimenta conta que já tinha o sonho de voar, mas sempre pensou que iria realizar esse sonho fora do Brasil. “Nunca imaginei que tivesse esse tipo de programa aqui no Brasil, muito menos em Minas Gerais. É muito mágico se for pensar que fui fazer uma viagem de fim de semana, 4h de distância da cidade onde moro, e eu pude ter uma experiência dessas, de outro mundo”. A mineira escolheu São Lourenço, no sul de Minas Gerais, para voar e, inclusive, foi nesse momento que o seu noivo, Maurício, escolheu para pedi-la em casamento.

Ana conta ainda que seus amigos e sua família ficaram impressionados, pois também não sabiam da existência desse programa tão perto. “O fato de eu ter feito acaba sendo um incentivo para mais gente realizar o sonho deles também”.

E para quem deseja voar na praia, será possível? Sim! Essa é a reposta da piloto Laís Pinho, que voa no céu de Torres, Rio Grande do Sul. Piloto desde 2011, Laís é a primeira mulher a pilotar balão no sul do país. Situado no extremo norte do litoral Atlântico do Rio Grande do Sul, o município se destaca por ser a única praia do estado que sobressaem paredões rochosos à beira-mar.

Balonismo em Torres- RS

“O balonismo no Brasil, como turismo, sempre foi muito procurado, mas também por estrangeiros. Atualmente, a gente vê essa diferença muito grande: hoje é muito procurado por brasileiros. Estamos aprendendo que, no Brasil, nós temos essas aventuras, no Brasil nós temos essas paisagens exuberantes. Para se ter uma noção, Torres é um dos poucos lugares do mundo que se voa próximo da praia. Isso é algo único” comemora Lais.

Ainda segundo a profissional, a pandemia trouxe algo de positivo: nos fez valorizar o turismo interno. “Tenho vários passageiros que foram para a Capadócia e que depois voaram em Torres, e acharam muito mais bonito voar em Torres do que na Capadócia. Precisamos ressaltar isso todos os dias: aqui nós temos balão e temos as paisagens mais bonitas do mundo”.

Laís Pinho conta ainda que, na região de Torres e Praia Grande, a média é de 2 a 3 mil pessoas viajando por mês. E não atoa, a cidade é palco do Festival Internacional de Balonismo, o maior

evento desse tipo na América Latina. São cinco dias de competições emocionantes, shows e muita diversão. O evento já está na 32ª edição.

Experiências pelo Brasil

Para quem está na região de São Paulo, também é possível viajar em poucas horas, e em um fim de semana poder desfrutar da sensação de voar de balão. Cinthia Pereira, de 38 anos, fez sua primeira viagem de balão em junho de 2017, na cidade de Boituva-SP. O município é famoso por oferecer essa modalidade de turismo.

“Cheguei ao local combinado pela empresa antes do dia amanhecer e eles nos levaram até o lugar onde os balões são inflados e levantam o voo. Logo que o dia amanheceu, todos os balões começam a levantar voo, inclusive o meu!” lembra Cinthia.

A publicitária conta que se assustou um pouco no início do passeio, mas, que depois que o balão já está no alto, a paisagem é tão linda que ela só pensava em aproveitar o momento. Na época, Cinthia pagou cerca de R$ 350 reais pelo passeio e lamenta: “Fiquei sabendo que existia somente porque pesquisei. Infelizmente não há muita divulgação”.

A vivência foi parecida para Marcelle Alves, de 35 anos, que também é publicitária. Ela escolheu a cidade de Pirenópolis, no município em Goiás, para o turismo. “O voo é bem tranquilo e a visão do alto é espetacular. Fiz no horário do pôr do sol, então foi incrível! Ele sobe bem devagar, não dá vertigem e é bem seguro. A experiência vale muito a pena”.

Segundo Marcelle, o passeio, que foi realizado em maio de 2021, custou R$ 690 por pessoa, com direito a um brinde no final.

Para quem tem medo: se joga!

A piloto Laís Pinho ama tanto balão que, desde criança, sempre esteve muito envolvida com o balonismo. Aos 10 anos, fez o passeio pela primeira vez: “e então me apaixonei e me encantei. Eu percebi que realmente queria fazer isso, e assim meu mundo seria mais colorido. Eu queria só saber de balão”.

Mas para todos que têm medo de voar, Laís deixa um conselho: “Além de ser o meio de transporte aéreo mais seguro do mundo, o balão não te dá essa sensação de que você vai cair, como em outros transportes. O balão sai do chão e te dá a sensação de pertencimento. Todos que eu já levei e disseram que tinham medo de altura, durante o voo, perderam esse medo e ainda pediam para subir mais alto”, finaliza.

 

Confira 12 lugares lindos para voar de balão no Brasil!

3 comentários sobre “Balonismo também é sinônimo de turismo brasileiro

  1. Howdy! I know this is kinda off topic but I was wondering which blog platform are you using for this site? I’m getting fed up of WordPress because I’ve had issues with hackers and I’m looking at alternatives for another platform. I would be fantastic if you could point me in the direction of a good platform.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.

Site Protection is enabled by using WP Site Protector from Exattosoft.com