Coletivo Mulheres Jornalistas marca presença na Feira do Livro de Porto Alegre

Por Giulia Ghigonetto-São Paulo
giulia.ghigonetto@mulheresjornalistas.com

Em 16 de novembro de 1955, Say Marques, Maurício Rosenblatt, Guilhermino César, Henrique e José Bertaso decidiram tornar a Praça da Alfândega, em Porto Alegre, em uma biblioteca a céu aberto. 

65 anos depois, a já tradicional Feira do Livro de Porto Alegre ganhou um novo formato em decorrência da pandemia do novo coronavírus, transformando sua 66ª edição em 100% online, sob o tema “Janelas abertas para a Praça”.

O festival da capital do Rio Grande do Sul já teve apadrinhamento de nomes da literatura como Caio Fernando Abreu, Lya Luft, Moacyr Scliar e Érico Veríssimo e este ano tem como patrono o professor, doutor e escritor Jeferson Tenório, autor dos romances “O beijo na parede”, “Estela sem Deus” e “O avesso da pele”. 

A feira terá todas as suas atividades gratuitas a partir de sua abertura oficial nesta sexta-feira (30/10) até 15 de novembro. A programação está organizada sob os eixos valorização da cultura, diversidade, ciência e sustentabilidade. Você pode conferir a programação completa no site do evento

No total serão 36 eventos e 90 convidados, entre eles a escritora chilena Isabel Allende e o autor e professor Mario Sergio Cortella. Com participações ilustres, a curadoria da feira deseja abrir um espaço para diálogo e reflexões sobre o mundo de hoje.

E o coletivo Mulheres Jornalistas não poderia ficar de fora disso! “Estar na 66 ª Feira do Livro de Porto Alegre, que é histórica, primeiro por ser totalmente virtual e pela história que tens a feira, é um orgulho para a equipe do Coletivo Mulheres Jornalistas.”, contou nossa editora chefe Leticia Fagundes. 

Ao longo do evento a equipe irá entrevistar nomes de nível nacional e internacional, de modo que além de trazer à tona uma busca pela valorização da cultura brasileira, também mostrará importância da escrita feminina. Para Fagundes, esse casamento entre o grupo e a feira tem tudo a ver, “Essa evolução dentro das lutas sociais, ainda que lenta e não ouvida pela sociedade por muitos anos, para nós mulheres jornalistas, que informamos, tem muito sentido dentro de uma feira, qual distribui formação através da cultura”. E ela complementa que como porta voz de uma equipe de mulheres inteligentes, focadas, perseverantes nas lutas sociais e representantes de uma categoria democrática, estar na Feira do Livro é um fato histórico”. 

No domingo, dia 01/11, às 16h, no nosso canal do Youtube, ela falará com o cartunista, diretor, roteirista e jornalista, Miguel Paiva, a respeito de seu último livro “Memória do Traço”, em que conta a própria trajetória como cartunista e artista gráfico.

Já na segunda-feira (02/11), às 16h, o bate papo será com a atriz, jornalista e poetisa, Elisa Lucinda, sobre seu recente lançamento “Livro do Avesso – O pensamento de Edite”, cultura e mulheres negras. 

Já a repórter do coletivo, Silvana Cardoso do Espírito Santo entrevistará a jornalista da GloboNews, Maria Beltrão, que contará sobre seu livro de estreia “O Amor não se isola – Um diário com histórias, reflexões e algumas confidências”. Ele é o resultado de um exercício de escrita no qual ela divulga relatos pessoais e seus pensamentos sobre seu dia a dia como mulher, nora, madrasta, filha e personalidade na mídia. 

Outra convidada é a médica infectologista, referência no tratamento de aids no Brasil, Marcia Rachid, que está lançando a obra “Sentença de vida”, que reúne lembranças e anotações da autora em sua incansável luta contra o HIV desde os anos 80, quando não havia medicamentos contra o vírus. O livro foi concluído pouco antes da pandemia da Covid-19, mas a trajetória profissional, de certa forma, ajuda na reflexão sobre o momento atual.

Silvana também conversará com a jornalista, ex-editora-chefe da revista Vida Simples e embaixadora da The School of Life no Brasil, Ana Holanda, que falará sobre como se encontrar na escrita criativa e afetuosa. 

Tudo imperdível, segundo Espírito Santo, “Falando com estas três mulheres descobri um ponto em comum: a missão de suas vidas profissionais, que cada uma encontrou em um determinado momento de suas carreiras.

Fique de olho no nosso canal do YouTube para mais informações e novidades, redes sociais e na programação no site da Feira do Livro de Porto Alegre. 

Confira também...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *